Sobre acessibilidade

Serviços

Início >> Artigos
14/07/2020 - 11:15

 

Texto: Rose Barbosa/Ascom Sedap

Fotos cedidas por Geraldo Tavares

 

Arte/Pesquisa Estatística: Núcleo de Planejamento (Nuplan) e Estatística da Sedap

 

Mesmo em meio à pandemia do novo coronavírus, a distribuição das mudas não parou e alcançou todas as regiões do Estado

Mais de 70 municípios foram beneficiados, neste semestre, com a distribuição de aproximadamente 147 mil mudas de bananeiras das cultivares Pacovan Ken e Pacoua, ambas com resistência às principais doenças da cultura. A distribuição foi realizada pela Secretaria de Desenvolvimento Agropecuário e da Pesca (Sedap). As mudas produzidas in vitro são oriundas do laboratório da Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária (Embrapa) / Campo Agropecuário da Bahia.

 

As mudas foram enviadas da sede da Sedap para as unidades regionais do órgão, que por sua vez, se encarregam de fazer chegar até os produtores. Entre as regionais que receberam as mudas estão: Altamira (70. 600), Capanema, (5 mil) Paragominas(4,8 mil), Soure (6,6 mil), Abaetetuba (4,8 mil), Santarém(10,3 mil), Itaituba (10 mil), Redenção (10.140), Marabá (10 mil), Castanhal (10 mil) e Moju (2 mil)

 

Mesmo com as restrições impostas pela pandemia do novo coronavírus, o trabalho de distribuição de mudas da Sedap não parou. O responsável pelo setor de fruticultura da secretaria, Geraldo Tavares, avaliou como positiva a distribuição. Ele lembrou que a Secretaria já estava pondo em prática o seu cronograma de distribuição. Até o final de março, a Sedap já havia feito a entrega de 140 mil mudas de bananas. As regionais mais recentes que receberam o produto foram Soure, Capanema, Paragominas e Abaetetuba. Tavares informou que houve, ainda, a distribuição em Moju.

 

Estatísticas

O Pará é o maior produtor da região Norte, respondendo por 60% da produção de banana. De acordo com o levantamento feito pelo Núcleo de Planejamento(Nuplan) e Estatística da Sedap, o Pará é o sexto estado no ranking da produção da fruta. Com uma produção de 423.383 toneladas anuais, o Pará fica atrás apenas dos seguintes estados: São Paulo, Bahia, Minas Gerais, Santa Catarina e Pernambuco. É responsável por 6,27% da produção nacional.

 

                                                        

Os dados do Nuplan/Estatística da Sedap mostram que os três maiores produtores de banana do Pará são Medicilândia (42.300), Altamira 39.630 e Novo Repartimento (28.500).

 

A Sedap conta com um subprograma de Bananicultura que visa estimular a formação de um novo polo da cultura nas Mesorregiões Metropolitana de Belém e nordeste paraense.